21/05/2013
Óleo de soja refinado Coamo entre os mais vendidos do país
Pesquisa realizada com 32 mil supermercadistas, conferiu ao produto a 3ª colocação em vendas no Brasil

O óleo de soja refinado Coamo está, mais uma vez, entre os preferidos do consumidor brasileiro, conforme pesquisas realizadas anualmente por diversos canais de vendas. Desta vez, segundo o ranking divulgado na pesquisa Reconhecimento de Marcas da Revista Supermercado Moderno, o produto subiu de colocação e agora aparece como o 3º mais vendido no país. O óleo de soja refinado Coamo também está posicionado em 3ª na região Sul, no interior de São Paulo e na capital paulista. Essa pesquisa ? de share of mind - é realizada com exclusividade pela revista Supermercado Moderno que utiliza o critério da Nielsen de divisão do país, por áreas comerciais, junto a 32 mil supermercadistas do segmento varejo de todo o país.

RECONHECIMENTO - Segundo o superintendente Comercial da Coamo, Alcir José Goldoni, nos diversos canais de vendas, a linha de produtos alimentícios Coamo tem sido referência e, anualmente, o óleo de soja refinado Coamo se mantém entre os preferidos do consumidor. "Essa pesquisa reafirma o reconhecimento de um trabalho desenvolvido por todos, que resultou no crescimento no ranking e no destaque em novas regiões de vendas. Isto nos fortalece para, cada vez mais, produzirmos alimentos com qualidade e sabor", afirma.

ORIGEM ? O superintendente acredita que o destaque é o resultado da somatória de muitos fatores. ?A dedicação e o cuidado começa com a escolha da semente para gerar uma matéria-prima com qualidade, a atenção dedicada ao armazenamento da matéria prima e dos insumos em todas as etapas da produção, a tecnologia aplicada no processo produtivo, ótima aplicabilidade e estabilidade, é puro, claro, não tem cheiro, não faz fumaça, e principalmente não interfere no sabor dos alimentos. Tudo isto aliado a política de transparência e atendimento aplicada pela Coamo e seus representantes com a observância da pontualidade na entrega?.

Goldoni ressalta que "a clara definição das políticas e dos processos pela Coamo em disponibilizar produtos diferenciados aos consumidores, tem sido mais um fator de reconhecimento. O associado que produz a matéria prima está consciente que seu produto só agregará valor, se a qualidade da matéria prima gerada for de qualidade para se ter um produto com diferenciação.?

PRODUÇÃO ? De acordo com o superintendente Industrial da Coamo, Divaldo Correa, em 1996 iniciou-se a produção de óleo de soja refinado, em Campo Mourão e no decorrer dos anos buscou-se o aumento da produção até que em 2012 ocorreu a duplicação da refinaria e do envase de óleo de soja refinado. ?O parque Industrial da Coamo é composto por duas indústrias de esmagamento de soja, cujas capacidades de produção somadas são de 6 mil toneladas/dia, além da produção esmagada junto aos parceiros, e uma refinaria de óleo de soja com capacidade de 660 toneladas/dia. São mais de 16 milhões de garrafas PET envasadas todo mês, numa média de 440 por minuto?, revela Correa.

INDUSTRIALIZAÇÃO ? O processo de agroindustrialização na Coamo começou em 1975, segundo o Presidente da Coamo, José Aroldo Gallassini, com o objetivo de agregar valor à produção dos cooperados. ?Com este trabalho, estamos colocando alimentos de alta qualidade na mesa de milhares de consumidores do Brasil?, afirma. Ele ainda adianta que, ?o óleo de soja refinado Coamo é um produto que vem aumentando sua participação no mercado consumidor e por conta da demanda crescente já está prevista a construção de uma nova indústria de esmagamento e envase do produto.?

SUSTENTABILIDADE ? Segundo Goldoni, do parque industrial saem os Alimentos Coamo, por meio das marcas Coamo, Primê, Anniela e Sollus. ?Com a aplicação dos critérios de sustentabilidade pela Coamo e pelo cooperado, os Alimentos Coamo são originados de produtos com procedência conhecida e que permitem uma produção diferenciada que prima pela qualidade e sabor, além de obedecer todas as boas práticas de produção?, salienta.

Para o superintendente, a somatória de todos estes diferenciais estão fazendo dos Alimentos Coamo compostos, além do óleo de soja refinado, por margarinas, gorduras, cafés e farinhas, se destacarem em vendas nas redes de supermercados, mercearias e atacados dos Estados do Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul.